terça-feira, agosto 09, 2005

Não eh nada alehm de escrito

Há uma dor no peito que não a do coração
Mas a do sentimento.
Um castigo no corpo qu'eu mesmo me implico,
A indisciplina.
A falta de exercícios que consiliem a alma e o corpo.

Diziam "Mens sana in corpore sano".
Mas se meu corpo não é são, o que salvarei da mente?
A mente integra o corpo!

Penso apenas um pensamento:
"Vini, Vidi, Vinci".
Irei degolar este ano. Esquartejarei os estudos secudários.

Implodirei o Sistema, um dia IMPLODIREI!
Me sinto como um presidiário em seu banho de sol
Quando no meu intervalo vou para a quadra.

Não sinto nada além de cólera.
É ela quem guia minhas cautelosas ações na SKOLÉ (gr.).

Seria bom se tudo aqui mudasse. Desde a educação do povo até os detalhes mais pessoais da vida de todos os cidadãos. Quantos conjuntos habitacionais poderiam ter sido feitos? Quantas favelas poderiam ter sido desfeitas? Quantos professores poderiam ter um salário humano?
Estes últimos também são culpados de suas ações! As greves que aparentemente são pra algo justo, prejudicam a VIDA dos alunos por reinvidicações irrisórias.

Quantas catástrofes precisamos ver, fazer parte pra que O POVO DESTE PAÍS VIRE UMA NAÇÃO E LUTE PELOS SEUS DIREITOS. QUE SE UNA PRA QUERER UM PAÍS MELHOR.

VAMOS SAIR DESTA INÉRCIA SECULAR E PARTIR RUMO A UM NOVO DESTINO QUE NÓS TRAÇAREMOS.

VAMOS LUTAR PELO PAÍS QUE TAMBÉM É NOSSO.



MATHIAS

2 comentários:

renata fukuda disse...

oeeeee
teu blog ta mtoo show
verdadeiro poeta
tem umas frases aew q eu ja ouvi antes
das peças em q atuei
mto legal
beijos

kornflake disse...

é meu amigo, vc não está sozinho nessa..
mas relax, ta acabando ;)

vá em frente, imploda (foda?) o sistema!
go go!
heheh